Tratamento de Efluentes

Características

A água pode ser usada pela indústria de diversas maneiras: na incorporação ao produto, lavagens de máquinas, tubulações e pisos, nos sistemas de resfriamento e geradores de vapor, no próprio processo industrial e nos vasos sanitários.

A água não necessita de tratamento final somente quando é incorporada aos produtos ou evaporada. Nos demais casos, os efluentes líquidos industriais ou água residuária precisam ser tratados, uma vez que são contaminados com resíduos dos processos produtivos. Problemas que podem ocorrer quando não há o tratamento de resíduos líquidos que esses efluentes causam poluição se forem despejados diretamente nos corpos hídricos.

O tratamento de efluentes industriais ideal é indicado de acordo com a carga poluidora e presença de contaminantes. Apenas especialistas podem avaliar e realizar a coleta de amostras para análise de diversos parâmetros que representam a carga orgânica e a carga tóxica dos efluentes.

Os processos de tratamento são classificados em físicos, químicos e biológicos, conforme a natureza dos poluentes a serem removidos e/ou das operações unitárias utilizadas para o tratamento.

Processos físicos

São os processos que removem os sólidos em suspensão sedimentáveis e flutuantes através de separações físicas, tais como gradeamento, peneiramento, caixas separadoras de óleos e gorduras, sedimentação e flotação.

Os processos físicos também removem a matéria orgânica e inorgânica em suspensão coloidal e reduzem ou eliminam a presença de microrganismos por meio de processos de filtração em areia ou em membranas (microfiltração e ultrafiltração). Os processos físicos também são utilizados com a finalidade de desinfecção, tais como a radiação ultravioleta.

Processos químicos

Utilizam produtos químicos em seu processo, tais como: agentes de coagulação, floculação, neutralização de pH, oxidação, redução e desinfecção em diferentes etapas dos sistemas de tratamento. Conseguem remover os poluentes por meio de reações químicas, além de condicionar a mistura de efluentes que será tratada nos processos subsequentes.

Seus principais processos são:

  • Clarificação química (remove matéria orgânica coloidal, incluindo coliformes);
  • Eletrocoagulação (remove matéria orgânica, incluindo compostos coloidais, corantes e óleos/ gorduras);
  • Precipitação de fosfatos e outros sais (remoção de nutrientes), pela adição de coagulantes químicos compostos de ferro e ou alumínio;
  • Cloração para desinfecção;
  • Oxidação por ozônio, para a desinfecção;
  • Redução do cromo hexavalente;
  • Oxidação de cianetos;
  • Precipitação de metais tóxicos;
  • Troca iônica.

Processos biológicos

O tratamento biológico de esgotos e efluentes industriais tem o objetivo de remover a matéria orgânica dissolvida. Para em suspensão ao transformá-la em sólidos sedimentáveis (flocos biológicos) e gases. Basicamente, o tratamento biológico reproduz os fenômenos que ocorrem na natureza, mas em menor tempo.


Visite o nosso site e conheça os nossos produtos à base de cloro disponíveis para venda, como por exemplo o aproveite para conferir toda a nossa linha de produtos direcionados ao tratamento de água e efluentes.

Temos um guia completo sobre cloração de água em nosso blog

Entre em contato que iremos lhe fornecer a solução exata para o tamanho do problema.

Deseja fazer uma cotação?

Preencha o formulário que retornamos rapidamente o contato

Nossos produtos

Policloreto de Alumínio (PAC)

O Policloreto de alumínio (PAC) é um dos coagulantes mais eficientes do mercado atualmente. Possui rápida atuação, alta remoção de contaminantes e baixa dosagem. Dessa forma, possui

Ver Detalhes

Outros posts

Policloreto de Alumínio (PAC)

O Policloreto de alumínio (PAC) é um dos coagulantes mais eficientes do mercado atualmente. Possui rápida atuação, alta remoção de contaminantes e baixa dosagem. Dessa forma, possui

Ver Detalhes
plugins premium WordPress